Skip to content

Nazaré Qualifica

 Noticias seta Noticias seta Nazaré Qualifica assina protocolo de cooperação com Agências Municipais de Cascais
Skip to content

Autenticação






Esqueceu a senha?

Apoios

apoios.png
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
  • JoomlaWorks Simple Image Rotator
Nazaré Qualifica assina protocolo de cooperação com Agências Municipais de Cascais Imprimir e-mail

nazarequalifica_protocolocascais080716c.jpgOs concelhos da Nazaré e de Cascais assinaram um protocolo de intenções para intercâmbio de conhecimentos em projectos relacionados com o Ambiente e o Mar.
A parceria foi celebrada no passado dia 16 de Julho, em Cascais, entre a empresa municipal “Nazaré Qualifica” e as agências “DNA Cascais”, “Cascais Atlântico” e “Cascais Energia”, pelos respectivos presidentes do Conselho de Administração, Mafalda Tavares e Carlos Carreiras.
O principal objectivo desta parceria é a partilha de know-how em projectos comuns, nomeadamente a Carta de Sensibilidade e Potencialidades da Zona Costeira, aquacultura em offshore de mexilhão, instalação de ecopontos marítimos, projectos na área das energias renováveis e eficiência energética, actividades de educação ambiental, implantação de um sistema de recifes artificiais e desenvolvimento do Ecossistema Empreendedor.
Alguns destes projectos estão já no terreno, graças a uma colaboração efectiva entre técnicos de ambos os municípios.

O protocolo salienta a identidade própria das vilas da Nazaré e de Cascais, com um percurso histórico, cultural e económico fortemente ligado ao mar. Uma matriz comum associada «a um acervo de conhecimento, práticas e formas de estar e de viver» que devem «ser partilhado com o intuito de se prepararem [as duas comunidades] para os desafios que o século XXI coloca».
No entender da presidente da “Nazaré Qualifica, EM”, Mafalda Tavares, esta parceria representa «uma partilha entre ideias que os dois municípios desenvolvem e que se complementam. Destas ideias podem surgir grandes projectos».
Já para Carlos Carreiras, presidente do Conselho de Administração das Agências Municipais e vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, o «funcionamento em rede» corresponde a «uma nova atitude, fundamental para dinamizar competências, criatividade e capacidade de inovação». Na opinião do autarca, é preciso «fomentar a inteligência territorial», através da aprendizagem e da troca de experiências entre municípios com características semelhantes. «Temos em comum a vontade de fazer coisas inovadoras, de modo a encontrar factores de diferenciação, através de boas práticas de governança, desenvolvimento económico e sustentabilidade ambiental», concluiu Carlos Carreiras.
A monitorização energética dos edifícios municipais e o projecto Caça Watts, já em curso em Cascais; bem como o desenvolvimento de uma Plataforma AquaSig (Carta de Sensibilidades e Potencialidades da Zona Costeira) e a colocação de um Ecoponto Marítimo para pescadores, são alguns dos projectos que a Nazaré prevê implementar, a partir do know-how de Cascais.
Por seu turno, neste município, e através do apoio da “Nazaré Qualifica, EM”, será possível desenvolver um sistema de recifes artificiais.

 

Actualizado em ( 18-Ago-2008 )
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >